Durval Carvalhal

Fazer de cada queda um passo de dança.

Textos


UM BRASIL POSSÍVEL E MELHOR PARA TODOS


Durval Carvalhal




Resultado de imagem para imagens e foto da miséria no brasil

"A terra tão rica e "oh almas inertes - o povo tão pobre - Ninguém que proteste"
 Cecília Meireles
 


          Segundo Jorge Amado, estava escrito em um dístico de caminhão algo tenebroso: "O mundo está todo errado, precisa de um conserto".
          A democracia é o único ambiente político adequado para o ser humano nascer, criar-se, desenvolver-se, progredir e ser feliz, dentro de um arcabouço jurídico justo.
          O Brasil tem recursos suficientes para ser mais humano com quem trabalha, mormente no magistério; com quem estuda; com quem se aposenta; com os velhinhos e com os desempregados e desamparados.
          Segundo o Instituto Teotônio Vilela: "A situação atual, contudo, não difere muito do que aconteceu ao longo de todo o período de governo de Lula e Dilma. Mesmo no tempo das vacas gordas do boom das commodities, a economia brasileira teve desempenho pior que o de suas concorrentes”. Lembre-se do quanto foi roubado e desperdiçado só na era petista.
          Mesmo assim, o Produto Interno Bruto brasileiro anual foi de trilhões; conforme o IBGE, “Em valores correntes, o PIB fechou o ano passado em R$ 5,904 trilhões". Com quase seis trilhões, um governo sério, competente e patriota faria do Brasil uma grande nação.
          É só eleger gente proba e de espírito público para o Congresso Nacional; escolher uma pessoa honesta, séria, eficiente, democrática e de espírito público para a Presidência da República; introduzir a prática do planejamento e abandonar o improviso ou voluntarismo; nocautear drasticamente a corrupção; eliminar o desperdício; modernizar o arcabouço e o fazer jurídicos; zelar pela segurança e cuidar da infraestrutura.
          Só assim e somente assim, poderemos dizer, com Voltaire, que vivemos "no melhor dos mundos possíveis".
Durval Carvalhal
Enviado por Durval Carvalhal em 02/12/2016
Alterado em 04/12/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras