Durval Carvalhal

Fazer de cada queda um passo de dança.

Textos


A DESCIDA DA LADEIRA, o caso Lula



Durval Carvalhal



Resultado de imagem para imagem derrotada e triste de lula




          A operação Lava Jato tirou um formidável retrato 3 X 4 do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, revelando-lhe facetas, até então, desconhecidas da sociedade brasileira, que o aplaudia de pé.
          Muitos políticos ficaram desmoralizados pela lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica e ocultação de patrimônio; mesmo assim, eles não se intimidaram com o desmantelamento do “mensalão”, e a festa foi verdadeiramente de arromba ou de arrombar com a Nação.
          Acredita-se que Lula foi completamente dizimado politicamente. O próprio PT, segundo pesquisas, já questiona eventual candidatura do ex-presidente, que perdeu eleitores a granel em todos os rincões nacionais, sendo até vaiado em alguns lugares, o que era impossível em tempos atrás.
          Sua situação é delicadíssima, desde as implicações jurídicas, onde enfrenta diversos processos, até seus grandes apoiadores nos estados, que também caíram em desgraça, como é o caso de Renan Calheiros, Sérgio Cabral, José Sarney, Fernando Collor, Jorge Viana, Humberto Costa, Lindenberg Faias, dentre outros.
          A pretensão partidária era fidelizar 60% dos eleitores; para isso, engendrou-se uma formidável engenharia estratégica, investindo-se pesadamente em corações e mentes, através do aparelhamento estatal; controle de movimentos sociais, sindicais, outros coletivos e os poderosíssimos programas sociais.
          Mas, no meio do caminho tinha a pedra da corrupção, e o PT não teve o poético talento de Drummond de Andrade para remover a pedra antiética do meio do caminho; e dessa forma, o partido sangra com Lula ao lado. Nem mesmo com a queda dos adversários, não se vislumbra uma luz no fim do túnel lulopetista, que continua escuro.
Ah! Quão sábio Machado de Assis: “Aos vencedores, as batatas”.


 
Durval Carvalhal
Enviado por Durval Carvalhal em 26/05/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras